[Notícia] Mumia consegue tratamento médico

mumia

No dia 29 de março recebemos uma excelente notícia. Toda mobilização em torno da libertação de Mumia Abu-Jamal, que há cerca de 5 anos lutava pra conseguir que ele recebesse tratamento para hepatite C dentro da prisão, teve uma importante vitória, apesar de também ter recebido notícias de agravamento do seu estado de saúde. Segue abaixo a tradução da notícia.

Mumia Abu-Jamal começará a receber tratamento para hepatite C

Original: http://www.telesurtv.net/english/news/Mumia-Abu-Jamal-to-Begin-Receiving-Hepatitis-C-Treatment-20170331-0027.html

O ativista revolucionário dos EUA Mumia Abu-Jamal começará a receber tratamento para hepatite C na próxima semana, de acordo com Philly Voice, citando artigos da corte recentemente publicados.

Jamal, que está servindo prisão perpétua no Instituto Correcional do Estado de Mahanoy em Filadélfia, tem demandado tratamento desde 2015, quando sofreu falência renal.

Agora, ele irá receber medicação antiviral que consiste de uma pílula por dia de 12 a 24 semanas. A medicação tem uma estimativa de 90% de cura.

O Departamento de Correção da Pensilvânia, DOC, foi ordenado na segunda a começar a prover a medicação depois de perder uma apelação para suspender o tratamento na corte do Terceiro Circuito.

“Nos últimos 53 dias, o DOC, a equipe médica da prisão e o Departamento Legal se mantiveram em desacato com a corte de seguir a ordem de tratar o Mumia,” escreveram os representantes legais do Mumia em uma declaração.

“O DOC, desafiando a ordem judicial, preencheram um adiamento, com a esperança da corte concordar com eles e bloqueasse o tratamento do Mumia.”

A decisão marca uma grande vitória para o Mumia e outros casos similares. Agora, milhares de presos que sofrem de hepatite C poderão receber tratamento porque a ordem da corte federal abriu um precedente.

O tratamento, entretanto, não irá resolver todos os problemas médicos do Mumia. Mumia, que sofre de cirrose hepática, está agora em grande risco por outras complicações de saúde e potencial câncer hepático. Isso é uma consequência direta da negação em ceder tratamento ao mumia por dois anos, de acordo com seus representantes legais.

“Nós precisamos nos manter atentos,” escreveram na declaração.

“Precisamos insistir que o tratamento seja dado e completado e precisamos apoiar os processos do Mumia que continuam acusando o DOC como responsáveis por isso.”

Jamal, ex-Panteras Negras, foi preso e acusado de matar um policial branco, Oficial Daniel Faulkner, em Filadélfia em dezembro de 1981. Um ano depois, ele foi julgado e condenado a morte.

Em 2011, a Suprema Corte dos Estados Unidos declarou a pena de morte institucional nesse caso e ele foi sentenciado a prisão perpétua sem condicional. Ele e muitos outros ativistas mantêm a posição de sua inocência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s